Anúncios de “Baixa Qualidade” Facebook implementa novas restrições!

Compartilhar:

Anúncios de “Baixa Qualidade” Facebook implementa novas restrições! O Facebook anunciou um novo conjunto de restrições e aumentou as penalidades para marcas e anunciantes que publicam anúncios de “baixa qualidade” em sua plataforma.

Conforme explicado pelo Facebook: Sobre anúncios de baixa qualidade:

” Anúncios de baixa qualidade no Facebook, como aqueles que incluem clickbait ou direcionam pessoas para conteúdo inesperado, criam experiências ruins para as pessoas e não se alinham à nossa meta de criar conexões significativas entre pessoas e empresas. Estamos indo agora mais longe em nossa esforços para limitar anúncios de baixa qualidade em nossas plataformas reprovando mais deles e reduzindo a distribuição de mais anúncios em nosso leilão. “

Então, vamos lá 3 dicas e exemplos de anúncios de  “baixa qualidade”  no Facebook.

O Facebook forneceu três exemplos específicos de anúncios de  “baixa qualidade”.

1. Isca de noivado

Estas são as postagens típicas de “curtir e compartilhar”, reprojetadas como anúncios. O Facebook tem regras específicas contra o uso de tais métodos em concursos, mas eles também não gostam deles em promoções.

Anúncios de "Baixa Qualidade" Facebook implementa novas restrições e penalidades

Faz sentido porque as marcas gostariam de usar essas táticas, especialmente considerando que o engajamento é fundamental para maximizar o alcance dentro do algoritmo do News Feed. Certo?

Mas esses métodos também distorcem os dados, o que anula a eficácia do sistema de algoritmos – ou seja, o Facebook está trabalhando para mostrar o melhor e mais envolvente conteúdo para os usuários, e esses posts minam isso com base em um engajamento ‘hack’ ou clickbait.

Dicas Tech: Clickbait é uma tática para gerar tráfego online chamando a atenção com títulos ou promessas exagerados. Também definido como caça-cliques ou isca de cliques, o clickbait ganhou uma conotação pejorativa por nem sempre entregar o que promete nos conteúdos.

2. Retenção de informação

O Facebook também não gosta de anúncios que atraem cliques ocultando aos detalhes completos da postagem sem ter clareza sobre o que realmente é realmente o assunto ou o produto promovido.

Anúncios de "Baixa Qualidade" Facebook implementa novas restrições e penalidades

A dica é que anúncios assim, são irritantes em geral, e o Facebook não quer que eles sejam promovidos  para alcançar mais usuários em sua plataforma.

Na verdade, táticas como essas estavam entre os motivadores originais para a implementação do algoritmo News Feed .

Porque o Facebook estava preocupado que sua rede estivesse sendo invadida por clickbait e spam.

Ao ocultar o detalhe, esse anúncio pode ser spam e não interessa ao usuário da rede, desta forma ele não saberá até clicar. Isso leva a uma pior experiência do usuário do Facebook.

3. Linguagem Sensacionalista

E a última abordagem do anúncio do Facebook na linha de fogo é “um Ads (Anuncio) que usa manchetes exageradas ou chamada para uma reação de pessoas, mas não entrega na página de destino”.

Anúncios de "Baixa Qualidade" Facebook implementa novas restrições e penalidades

Esta é uma abordagem pratica e comum do marketing digital, adicionando superlativos às suas manchete.

Headline chamada para ação ou atenção – EX: “surpreendente”, “alucinante”, “você não vai acreditar”.

BuzzSumo analisou as manchetes mais compartilhadas no Facebook e no Twitter  no ano passado, vários exemplos desse tipo surgiram – e podem ser eficazes, mas, como demonstrado no exemplo acima, eles também podem ser desnecessários, inverídicos e fake, novamente, levar a uma má experiência do usuário.

Dica, é importante observar que o Facebook está se concentrando em títulos desse tipo que não são diferentes das informações da página de destino, de modo que você ainda pode utilizar essas táticas de forma moderada e sempre com muito cuidado.

Apenas certifique-se de que você não está fazendo isso por causa do sensacionalismo, e que seu conteúdo realmente se alinha com as Headline  e suas chamada para ação ou atenção.

O Facebook agora estará aplicando essas medidas de forma mais rigorosa e impondo penalidades por violações em relação aos anúncios de baixa qualidade.

Quais as Penalidades do Facebook para anúncios de baixa qualidade?

  • Anúncios individuais com atributos de baixa qualidade vai ver de distribuição reduzidos em nosso anúncio de leilão ou será reprovado. Isso se aplica a todos os anunciantes, mas como tendemos a ver mais dessas características em anúncios relacionados a mídia, entretenimento, política ou assuntos de importância nacional, eles podem ser mais afetados.

 

  • Vários anúncios sinalizados com atributos de baixa qualidade podem afetar o desempenho de todos os anúncios desse anunciante.

Assim, seus anúncios terão menos alcance, o que significa, intimamente, custos mais altos de desempenho.

Em essência, se você estiver executando uma campanha publicitária no Facebook, é melhor ser honesto sobre seus produtos e serviços e evitar as abordagens senseis de clickbait e spam.

Você pode ler mais informações sobre a nova política de anúncios de baixa qualidade do Facebook aqui .

Via: www.socialmediatoday.com/

  • Explicação
  • Texto
  • Matéria
5
Sending
User Review
0 (0 votes)
Compartilhar:

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.